abrir-comercio-sao-paulo

Abrir Comércio em São Paulo: Conheça o passo a passo

  • dezembro 6, 2021

Pensando em abrir comércio em São Paulo? A abertura de qualquer tipo de empresa requer cautela e planejamento, principalmente quando sabemos que o Brasil possui uma das maiores cargas tributárias do mundo, além da complexidade que envolve a nossa legislação.

São Paulo é o principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul. Portanto, ter um comércio na cidade mais populosa do Brasil é uma grande oportunidade que traz consigo diversos desafios.

Por isso, é muito importante contar com o apoio de uma contabilidade especializada para que tudo seja feito da forma mais rápida e eficiente, diminuindo erros e refações.

Confira o conteúdo que preparamos para você conhecer o passo a passo de como abrir comércio em São Paulo. Vamos nessa?

Por que abrir uma empresa em São Paulo?

Como já vimos, São Paulo é a maior metrópole brasileira. São cerca de 12,33 milhões de habitantes com seus interesses, desejos e talentos. Portanto, as oportunidades estão abertas para todos que queiram empreender. 

Por isso, a competição se torna acirrada, já que vale muito a pena abrir comércio em São Paulo. Dessa forma, nada melhor do que já começar uma empresa com todos os processos em dia, sabendo que está pagando apenas os impostos exigidos por lei.

Como abrir comércio em São Paulo?

Para que o seu comércio possa abrir as portas e começar as atividades é preciso antes regularizar uma série de fatores. Confira logo abaixo:

Planejamento

No planejamento é a hora de definir detalhes básicos sobre o seu comércio, como o público-alvo, produtos, serviços, dias e horários de funcionamento, entre outros.

Contrato Social

Caso o seu comércio seja constituído com a ajuda de sócios é preciso criar um contrato social. Trata-se de um documento que formaliza os direitos e deveres dos sócios, bem como as regras para a entrada e saída. 

Esse contrato de extrema importância é feito por um contator e deve ser arquivado na junta comercial de São Paulo. 

Definição da atividade e Natureza Jurídica

O comércio precisa definir se funcionará como atacadista ou varejista, quer dizer, as vendas serão feitas direto para outros lojistas ou para o cliente final? Depois de escolhida a atividade, vamos para a definição da natureza jurídica.

A escolha da natureza jurídica determina uma série de consequências, incluindo o quanto de imposto o comércio deverá pagar. Aqui não se trata de uma preferência, pois cada natureza jurídica foi feita para um tipo de empresa.

Hoje, existem as seguintes naturezas jurídicas:

  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Sociedade Simples;
  • Sociedade Limitada;
  • Sociedade Anônima;
  • Sociedade Limitada Unipessoal.

Escolha do Regime tributário

O regime tributário deve complementar a natureza jurídica e levar em conta o tamanho e o faturamento anual do comércio que deseja abrir em São Paulo. Uma escolha que demanda bastante responsabilidade e por isso mesmo, deve contar com a ajuda de uma contabilidade.

Um regime tributário fora dos padrões da empresa pode gerar o pagamento de impostos além do que a lei exige para o comércio. Confira as opções:

Consulta de viabilidade

Antes de fechar o contrato de aluguel, certifique-se de que a localização está viável para ser a sede do seu comércio. Alguns endereços na cidade de São Paulo possuem regras que a sua empresa pode não ser capaz de seguir, ou então, as exigências podem tirar sua vantagem competitiva.

Faça uma consulta de viabilidade no site Integrador Estadual VRE|REDESIM. Após comprovar que existe viabilidade, preencha o Documento Básico de Entrada (DBE) pelo Coletor Nacional

Documentos necessários

No momento de abertura do seu comércio será preciso apresentar uma série de documentos. Confira a lista:

  • Cópia de comprovante de residência atualizado; 
  • Cópia da certidão de nascimento; 
  • Cópia da certidão de casamento, para os sócios casados;
  • Cópia autenticada do RG e do CPF de cada sócio;
  • Recibo de declaração de Imposto de Renda de apenas um dos sócios, caso tenha feito no ano vigente;
  • Cópia do contrato de locação ou do contrato de compra e venda do imóvel;
  • Cópia do IPTU do imóvel onde será a sede da empresa.

Ajuda especializada para abrir comércio em São Paulo

Agora que você entendeu o passo a passo de como abrir comércio em São Paulo, nada melhor do que poder receber o apoio de uma contabilidade especializada.

Conheça a Contábil Norte! Uma empresa que busca pela qualidade de atendimento em todas as áreas de sua atividade.

Vamos falar sobre o seu negócio? Entre em contato agora mesmo. 

Aproveite para curtir as nossas redes sociais e ficar por dentro das novidades. Também confira o nosso blog para acompanhar mais conteúdos como esse. Continue a leitura com o artigo sobre: Abrir empresa de transporte em São Paulo: Saiba como ter sucesso.

× Como posso te ajudar?